#

patrocínio:

Lei de Incentivo à Cultura Petrobras
Brasil Memória das Artes
Conheça o Brasil Memória das Artes

Maura Moreira – O Canto da Terra (1979)

com Sonia Maria Vieira ao piano

Maura Moreira – O Canto da Terra (1979)

Mídias deste texto

Imagens (6 imagens)

Áudios (20 áudios)

  • < play >
    00:00 vol
    subir
    • Discos PRO-MEMUS – Maura Moreira – 01 – Lendas Amazônicas – Cobra grande

    • Discos PRO-MEMUS – Maura Moreira – 02 – Lendas Amazônicas – Tamba-tajá

    • Discos PRO-MEMUS – Maura Moreira – 03 – Lendas Amazônicas – Uirapuru

    • Discos PRO-MEMUS – Maura Moreira – 04 – Cantos indígenas – Tagnani-tangrê

    • Discos PRO-MEMUS – Maura Moreira – 05 – Cantos indígenas – Canções dos índios Botocudos

    • Discos PRO-MEMUS – Maura Moreira – 06 – Três pontos de santo – Chariô

    • Discos PRO-MEMUS – Maura Moreira – 07 – Três pontos de santo – Aruanda

    • Discos PRO-MEMUS – Maura Moreira – 08 – Três pontos de santo – Estrela do mar

    • Discos PRO-MEMUS – Maura Moreira – 09 – Três cantos afro-brasileiros – O Fulu-lorerê ê (Canto de Oxalá)

    • Discos PRO-MEMUS – Maura Moreira – 10 – Três cantos afro-brasileiros – Yemanjá (Toada à Mãe-d’Água)

    • Discos PRO-MEMUS – Maura Moreira – 11 – Três cantos afro-brasileiros – Abá Iogum (Louvação a Ogum)

    • Discos PRO-MEMUS – Maura Moreira – 12 – Se meus suspiros pudessem

    • Discos PRO-MEMUS – Maura Moreira – 13 – Hei de amar-te até morrer

    • Discos PRO-MEMUS – Maura Moreira – 14- Casinha pequenina

    • Discos PRO-MEMUS – Maura Moreira – 15 – Morena, morena

    • Discos PRO-MEMUS – Maura Moreira – 16 – Viola quebrada

    • Discos PRO-MEMUS – Maura Moreira – 17 – Sodade

    • Discos PRO-MEMUS – Maura Moreira – 18 – Tayêras

    • Discos PRO-MEMUS – Maura Moreira – 19 – Prenda minha

    • Discos PRO-MEMUS – Maura Moreira – 20 – Capim di pranta

    descer

Em duas dimensões, no tempo e no espaço, este é um recital abrangente onde temos, pela voz privilegiada de Maura Moreira, um panorama do canto popular na terra brasileira. Popular em seu sentido mais fundamentado, porque profundamente ligado à terra e às suas tradições e acima dos modismos. São cantos de confluências raciais, de heranças espirituais que se somam, buscando pela complexidade da convivência evitar a perplexidade dos desencontros.

(trecho do texto de Zito Batista Filho,  de 1979)

(para ler o encarte na íntegra, acesse a galeria de imagens e clique em “tamanho máximo”)

Maura Moreira, meio soprano
Sonia Maria Vieira, piano

Lado A

Lendas Amazônicas (Waldemar Henrique)

1 Cobra grande
2  Tamba-tajá
3 Uirapuru

Cantos indígenas (harmonizações de Aloysio de Alencar Pinto)

4 Tagnani-tangrê (canto religioso dos índios Nhambiquaras)
5 Canções dos índios botocudos: Céu grande, Macaco barbado na árvore, Minha mulher é boa de verdade

Três pontos de Santo (hamornizações de Jayme Ovalle)

6 Chariô
7 Aruanda
8 Estrela do mar

Três cantos afro-brasileiros (hamornizações de Aloysio de Alencar Pinto)

9 O Fuli-lorerê ê (Canto de Oxalá)
10 Yemanjá (Toada à Mãe-d’Água)
11 Abá Iogum (Louvação a Ogum)

Lado B

1 Se meus suspiros pudessem (Modinha do séc. XVIII)
harmonização de Baptista Siqueira
2 Hei de amar-te até morrer (Melodia do séc. XX)
harmonização de Baptista Siqueira
3 Casinha pequenina (Modinha do séc. XX)
harmonização de Ernani Braga
4 Morena, morena (Modinha recolhida no Paraná)
harmonização de Luciano Gallet
5 Viola quebrada (Toada de caipira)
Mario de Andrade, com harmonização de Villa-Lobos
6 Sodade (Cantiga de roda de Minas Gerais)
harmonização de Aloysio de Alencar Pinto
7 Tayêras (Chula de mulatas do Norte)
harmonização de Luciano Gallet
8 Prenda minha (Folclore gaúcho)
harmonização de Ubiratan
9 Capim di pranta (Folclore gaúcho), (Canto de trabalho de negros escravos)
harmonização de Ernani Braga

Ilustração da capa “Playing the marimba (dança de negros)”
in Souvenir, Ludwig & Briggs, Rio de Janeiro, Bibl. Nacional, Divisão de Publicações e Divulgação, 1970.
Acervo da Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro

Ficha Técnica

Produção – FUNARTE
Coordenação – Edino Krieger
Assistente – Nestor de Hollanda Cavalcanti
Gravação – Estúdio da CBS no Rio de Janeiro, em 30.08.79
Mastering – Toninho Barbosa
Estúdio – Sono-Viso, Rio de Janeiro, 1979
Projeto gráfico – Paula Nogueira e Marcia Zoladz
Arte-final – Rui Pitombo
Foto da capa – Beto Felício
Corte – Gravações Elétricas S. A. – Discos Continental
Supervisão – Sérgio Vasconcellos Corrêa
Estéreo, Rio de Janeiro, 1979.

Compartilhe!

Caro usuário, você pode utilizar as ferramentas abaixo para compartilhar o que gostou.

Comentários

1

Deixe seu comentário

* Os campos de nome, e-mail e mensagem são de preenchimento obrigatório.

Jango Veloso

enviado em 24 de novembro de 2011

Registros maravilhosos da nossa mineira, infelizmente, desconhecida de quase todos!
Grande obra, voz inesquecível!

Textos

leia todos os 28 textos deste acervo »

Imagens

veja todas as 165 imagens deste acervo »

Áudios

ouça todos os 337 áudios deste acervo »